Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

O Município de Idanha-a-Nova convidou os agentes económicos locais para um encontro inédito, na manhã de terça-feira, 27 de outubro, que apontou novos horizontes de negócio para o concelho.

Cerca de duas centenas de empresários, empreendedores e responsáveis institucionais acederam ao desafio. O evento «Idanha + Negócio», que decorreu na Escola Superior de Gestão, deu a conhecer novas estratégias de futuro, novas ferramentas e as oportunidades do trabalho em rede.

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, que acompanhou os trabalhos, explicou que “o encontro permitiu estimular o trabalho em rede com vista ao reforço das estratégias de inovação, promoção e internacionalização dos produtos e serviços do concelho”.

Armindo Jacinto apelou ainda aos idanhenses para que “sejam os agentes do desenvolvimento do concelho”, realçando que “Idanha é hoje um território de oportunidades, onde há que apostar no empreendedorismo e na inovação, investir na qualidade, na qualificação e na diferenciação”.

A iniciativa teve vários momentos distintos. Num dos mais estimulantes, envolveu os participantes em exercícios de reflexão e networking, favorecendo a criação de novas parcerias empresariais e originando novas ideias para crescimento da economia.

Foi ainda apresentado um conjunto de novas ferramentas e oportunidades para os empresários projetarem o seu negócio: a plataforma online IdanhaEmprego, destinada a quem pretende recrutar, formar e empreender no concelho; o projeto Idanhenses pelo Mundo, que visa criar sinergias com a diáspora; e as estruturas de apoio e instrumentos de financiamento que estão ao dispor das empresas.

No seguimento desta sessão inaugural, o «Idanha + Negócio» continuará a afirmar-se como um fórum empresarial direcionado para a criação de oportunidades para as empresas do concelho, desenvolvido no âmbito da estratégia Recomeçar. Perspetiva-se a realização do encontro três vezes por ano.